3 de novembro de 2014

Para lá das Estrelas..

Foto de autor desconhecido
'' Quando se encontravam era sempre incomum. Falavam de coisas pequenas, das miniaturas dos dias, dos gestos que se fazem baixinho, como quando os dedos se entrelaçam ou como quando os olhos brilham.  Doces ruídos. Sempre que se encontravam encontravam o mundo e o universo era uma coisa diferente do que os livros falam e os cientistas estudam. Sempre que se encontravam o universo explodia, o mundo acabava e o Verbo recomeçava tudo. Como era no principio, agora e sempre. Infinitude. ''

⦁ Gostei muito deste texto da autora do blogue - Deixa entrar o sol.

E deixo-vos ainda esta frase : 
" A vida não tem culpa nenhuma, tem apenas pessoas a mais. E ir de uma pessoa a outra demora tanto, demora mais do que ir da minha cidade à tua, do meu país ao teu. "  - Frase do livro - Todas as cartas de amor. - Paulo Miranda.

9 comentários:

  1. Maravilhosas frases que aqui nos deixaste. Realmente há coisas que se lêem que nos descrevem na perfeição :')

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também gostei muito. É verdade ;)

      Beijinhos para ti P' ;-)

      Eliminar
  2. que frase linda!

    Portuguese Girl with American Dreams
    http://fromportugaltonyc.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  3. São esses pequenos nadas que tornam tudo tão bonito. O texto está incrível e a frase é das melhores!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. São as pequenas coisas não é ? ;) Fico contente por teres gostado ;)

      Beijinhos querida ;-)

      Eliminar
    2. É verdade :) gostei mesmo!

      Beijinhos*

      Eliminar

Obrigada pelo teu comentário ❤ Responderei aqui.

Memórias de um amor..

Saudade..

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner