1 de março de 2015

Amor, danças comigo ?

Foto de Maud Chalard
Meu amor, sabes que te tenho sempre na memória, não sabes ? Esta recordação de nós, é relativamente recente, mas faz-me sorrir cada vez que me lembro desta noite de Verão.

Estava uma noite bonita de Agosto e nós estávamos no conforto da nossa casa e do nosso quarto, quando me apeteceu dançar contigo. Tu sorriste meio sem jeito e disseste que não sabias dançar, eu disse-te que também não... 

Liguei o rádio, estava a tocar Lana Del Rey e dançámos... Corpo com corpo, abraçados, desajeitados, mas felizes... Porque sempre que estou contigo, sinto-me completa. A música que soava era : We are born to die, e é verdade, nascemos com esta certeza, mas nascemos também para amar e para sermos amados. 

Na realidade, a música não interessava, contigo dançaria até sem música, que interessa a música, se quando estou contigo, tudo se serena, tudo se apazigua... Quero dançar com o teu coração junto ao meu, ouvir as suas batidas e a tua respiração, simplesmente assim... num abraço perfeito...   Amor, danças comigo ?

Para os dançarinos desta vida :
⦁ Lana Del Rey - We are born to die :
'' Come and take a walk on the wild side ; Let me kiss you hard in the pouring rain ; You like your girls insane... ''
⦁ Sting - When we dance :
'' When we dance, angels will run and hide their wings. ''
⦁ The Killers - Human :
'' Are we human or are we dancer ? ''

* Nesta rubrica, memórias de um tempo só nosso, vão poder ler memorias minhas que me marcaram. São memórias de amor, são aqueles instantes fugazes, no entanto tão perfeitos que queremos que permaneçam em nós para sempre. 

18 comentários:

  1. Como é bom dançar com quem amamos!

    Beijinhos, minha querida*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É mesmo minha querida :)

      Beijinho grande para ti também ;-)

      Eliminar
  2. Eu que sou amante das memórias, sei bem como é. Sorte a sua que as lembranças te fazem sorrir.
    Mandamento da vida: amar! Amar enquanto temos tempo, enquanto temos a pessoa, enquanto o instante existe!
    Lindo o que você escreveu, Cláudia!

    Beijoo'o :*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito Obrigada Simone ;) Lindo também o que você escreveu :) E bem verdade !

      Beijinhos*

      Eliminar
  3. Que lindo :') realmente a música pouco importava, foi um momento maravilhoso por si só, apenas pelos seus gestos e partilhas :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito Obrigada P' :) É verdade, a música pouco interessava, fosse qual fosse, iria parecer-me perfeita...

      Beijinhos*

      Eliminar
  4. r: Muito obrigada, minha querida. Fico mesmo feliz por ler isso *.*

    Um grande beijinho <3

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. r: É Sincero ;)

      Beijinho grande para ti também :)

      Eliminar
  5. R: Sim, o link do teu post para que eu no final do mês possa escolher o melhor texto para cada tema de forma mais fácil sem me esquecer de ninguém.

    ResponderEliminar
  6. Que texto tão lindo e cheio de ternura :)

    ResponderEliminar
  7. Este texto fez-me sorrir. Que imagem tão bonita conseguiste construir com as tuas palavras :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oww muito obrigada Cláudia ;)

      Beijinho grande*

      Eliminar

Obrigada pelo teu comentário ❤ Responderei aqui.

Memórias de um amor..

Saudade..

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner