28 de fevereiro de 2016

Onde guardamos o amor ?


'' Às vezes pergunto-me onde guardamos nós este amor todo, quando ainda não temos filhos. Onde fica depositada esta quantidade de sensações que a maternidade nos põe ao léu, em carne viva. Não se desperdiça, sei que não. No Amor, tal como na Natureza, nada se perde, porque tudo se transforma. Ficamos capazes de amar desmedidamente outros entes queridos, outras paisagens, outros mundos à volta.
Mas ainda assim, sabendo esta verdade quase absoluta, não me lembro de ter amado nada parecido antes de ter sido mãe. E essa constatação assusta. '' - ( texto do bonito blogue da Marta - Dolce Far Niente ).
.
Gostei deste texto... Não sei onde guardo todo este amor, mas sei que é imenso, infinito. Um oceano, pronto a transbordar à espera desse momento, e quero muito acreditar, que um dia, vai acontecer.
 Até lá, como diz a autora, vou amando desmedidamente outros mundos. Até que surja esse amor maior, esse amor que assusta. Esse amor a quem damos vida e pelo qual daria a vida.
.
 Deixo-vos com estas músicas, todas de autores portugueses. Todas tão bonitas.
.
Tiago Bettencourt - Fúria e Paz
Diogo Piçarra - Sopro
Carolina Deslandes - Heaven
Darko - Until the Morning Comes
.
 E com estes três cantinhos. O primeiro, para quem gosta de arte, de desenhos, de coisas bonitas. O segundo, para quem é curioso (como eu) e gosta de factos sobre a nossa cultura, curiosidades, história. E por último, um blogue bonito e inspirador.

Latest - Liekeland
Ncultura
Grace Upon Grace
*Autoria da foto - Grace Upon Grace

20 comentários:

  1. O texto é maravilhoso, carregado de amor! Quero muito ser mãe, mas até lá vou depositando esse amor nas minhas pessoas.
    Adoro a seleção de músicas *.*
    Não conheço esses cantinhos, mas tenho que os ir visitar

    Beijinhos, minha querida*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que bom que gostaste Andreia ;) É como eu, o amor nunca se esgota, não é ? :)

      Vale a pena conheceres.

      Beijinho grande para ti, Andreia ❤

      Eliminar
  2. Respostas
    1. De nada, Daniela. Obrigada eu pela tua visita ;)

      Beijinho grande para ti ❤

      Eliminar
  3. Que boas partilhas para um dia frio como o de hoje. Gostei especialmente do Ncultura, faz mesmo falta, vou ficar sintonizada! :)
    beijinho beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Mafalda. Fico contente por teres gostado. Eu gosto tanto do Ncultura, pela língua portuguesa, pelas histórias, etc. Adoro! ;)

      Outro grande para ti ❤

      Eliminar
  4. Tudo cheio de tanto amor...
    Um dia sentirás este doce e louco amor de mãe, que vem carregado de coisas boas mas de um medo assustador também.
    beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Cris.

      Espero que sim e aguardo ansiosamente por esse dia.

      Um beijinho grande para ti ❤

      Eliminar
  5. Um texto muito bonito. A Marta tem esse dom de falar do Amor (o meu tema favorito), nas suas múltiplas formas.
    Bem vinda! (ainda não o tinha dito)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É mesmo um texto bonito! É também o meu tema favorito, sabias ? ;)

      Ohhh Obrigada, querida Natália.

      Um beijinho grande para ti ❤

      Eliminar
  6. Texto lindo. O amor é uma força enorme e acho que se ama os filhos que ainda nem se tem porque o amor não precisa de uma forma para existir :)

    Beijinhos minha fofinha, espero-te bem e feliz :) forcinha!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gostei dessa forma de pensar! ;) E é bem verdade, o amor não precisa realmente, de uma forma para existir...

      Beijinhos grandes para ti, eu estou bem e espero que também estejas, de coração ❤ Obrigada, minha querida arya :)

      Eliminar
  7. Há vezes que sinto que preciso de me inspirar. preciso de ler, ver, sentir ou ouvir coisas que me inspirem. muitas vezes nem sei bem onde ir. Até que vim aqui hoje e senti uma lufada de ar fresco. Este teu espaço é inspirador. E melhor ainda é que partilhas coisas ainda mais inspiradoras. através de ti já conheci outros espaços que me agradam. Obrigada.
    Espero que estejas bem, mais feliz, com muita força para enfrentar tudo. Um grande beijinho!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também sou assim, querida Mariiana. E por vezes não é nada fácil nos inspirarmos.. Fico muito contente, por ter conseguido que sentisses, essa lufada de ar fresco ;)

      Obrigada eu, pelas tuas palavras tão doces.
      Eu estou bem e desejo-te o mesmo, que estejas bem. Sei bem, o quanto é difícil estarmos longe de casa... Muita força para ti também ❤ E outro beijinho grande para ti! :)

      Eliminar
  8. Adorei o texto, super lindo!
    with love, KATE ❤

    ResponderEliminar

Obrigada pelo teu comentário ❤ Responderei aqui.

Memórias de um amor..

Saudade..

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner