7 de julho de 2014

O Espaço que Ocupas no meu Peito..

Portinho da Arrábida, Março de 2013


Mais um Domingo sem ti, tenho tantas saudades tuas amor..

Andamos os dois a contar os dias para as ferias de verão, para nos abraçarmos, para nos vermos, para vivermos este amor.

Há pouco tempo contei-te que desde que te foste embora, que não durmo bem, que sinto a tua ausência, tu brincaste e disseste que devia dormir melhor, que agora tinha mais espaço... O problema é mesmo esse, é espaço a mais, é um vazio, sinto tanto a tua falta, quando a noite chega, quando o silencio se instala, faltas tu ali para te poder abraçar ou simplesmente tocar, saber que estás ali, sentir a tua respiração.. não te ter aqui é um aperto que dói e muito, de uma forma que nunca pensei que fosse possível.

Mas apesar de tudo não me quero habituar a dormir sozinha, não quero. Aquele espaço é teu e sempre será, assim como todo o espaço que ocupas no meu peito, semelhante a um oceano, de amor, de afecto, de carinho, de saudade.

Esta saudade, esta falta de quem nos completa, sinto-a tantas vezes em ti, em que só pelo teu tom de voz, sinto a tua dor, a tua tristeza, a tua inquietação e custa-me tanto não te poder abraçar nesses momentos..

Quando estamos ocupados, nos nossos empregos, no dia a dia atarefados, a vida corre e quase que adormecidos, parece que está tudo bem, mas no final do dia, quando olho em redor e vejo os sorrisos de quem vai para casa, ter com quem ama, buscar os filhos e sentes que não tens ninguém a tua espera, que a casa esta vazia.. A solidão dói, dói imensamente quando se ama alguém que está tão longe..

Mas, no dia vinte e cinco, sei que este mar revolto no meu peito, vai-se encher de uma tranquilidade, de uma acalmia e serenidade quando nos abraçar-mos. Sei que o teu olhar vai-se iluminar e que vais sorrir para mim, um sorriso que para ambos significa, agora sim, estamos juntos, agora sim, estamos bem. 

E quando, como em tempos aconteceu, quando '' meio '' a dormir ou acordada, me lembrar de te agarrar, de te abraçar, que estejas ali amor, para eu me aconchegar em ti. 

'' Abraçar é enconstar um coração no outro. '' - Autor Desconhecido

* Autoria da foto - Life, Love and Photograph

6 comentários:

  1. O vazio incomoda e transtorna, mas não tarda nada e estarão juntos novamente :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Vazio incomoda muito, a falta de quem amamos.. custa muito.
      Mas está quase e estamos ansiosos, a contar os dias ;)

      Obrigada Andreia :)

      Beijinho*



      Eliminar
    2. Vão passar rápido, vais ver :)
      Não tens que agradecer, minha querida!

      Beijinhos*

      Eliminar
    3. Sim, está quase :p

      Beijinhos querida :)

      Eliminar

Obrigada pelo teu comentário ❤ Responderei aqui.

Memórias de um amor..

Saudade..

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner