15 de junho de 2016

O meu pequeno paraíso..

Chove. O céu está cinzento e carregado de nuvens. Lá bem alto, no topo da montanha; a neblina adensa-se... Parece mais um dia de Inverno, mas não. O Inverno já vai longe, a Primavera está no seu fim e o Verão aproxima-se. Mas não aqui... Aqui, é apenas mais um dia de chuva. E o que eu preciso de sol, de luz... Chegam-me notícias de casa, está sol e calor em Portugal... nesta altura a saudade já me aperta o peito... sinto saudades da nossa luz, do nosso sol maravilhoso. Sinto saudades da família, dos abraços, das conversas com as pessoas, ali, bem perto de mim... Sinto saudades dos serões serenos, quentes e de céu estrelado na varanda; sinto saudades até das mais pequenas coisas... Há quem diga, que só se dá valor, quando se perde, ou se está longe. No meu caso, não é verdade, eu sempre amei Portugal. De coração. De alma. Sempre achei o nosso canto à beira mar, um pequeno paraíso. O meu paraíso. Mesmo com todas as suas dificuldades e problemas, sempre foi neste canto que eu quis viver. Gosto de viajar, conhecer. Mas viver... para viver, este é o meu país. Poderia até correr mundo, mas voltar sempre, para a minha casa. Não é uma questão de patriotismo. É identidade. As minhas raízes, as minhas gentes, a minha cultura, tudo o que me torna eu, está comigo, é certo, mas está sobretudo ali. Mas falava eu, do valor que se dá às coisas. O valor sempre dei. É um país que me encanta, cada vez que conheço mais um bocadinho seu. A única diferença talvez, em estar longe, é que damos por nós, a sentir falta de coisas, que nunca pensámos até ali... que era natural estarem ali ou serem assim. Falo de entrar numa pastelaria e ver os nossos bolos, as nossas comidas, falo de andar pelas ruas e ouvir falar na nossa língua, uma língua que não estranhamos... e de ouvir risos, conversas animadas, numa rua, numa esplanada... Os Suíços são um povo mais contido, as ruas são muito mais sossegadas e calmas, mesmo que estejam cheias de gente. Falo até, de toldos, é verdade... parece disparate, mas quando chego a Portugal, e olho para as ruas e lojas e percebo tudo o que está escrito e vejo as nossas marcas, os nossos produtos, tudo o que me é familiar... estou em casa. Quando chego ao aeroporto de Lisboa, isto acontece-me sempre. Aqui, podemos morar mais de um ano em determinada rua, passar quase todos os dias, por determinada loja, e não perceber nada do que lá está escrito. Claro, que à medida que se vai aprendendo a língua, isto vai-se alterando, mas demora, leva o seu tempo. 
Tempo... O poder que esta palavra tem. Se há coisas que demoram na vida, há outras que passam rápido demais... Vejo a vida a correr, as crianças a crescer, os meus sobrinhos. E tudo isto se perde, não se está lá para acompanhar... Outros sonhos e projectos se adiam e a pergunta surge na nossa cabeça, como se de um alerta se tratasse, ainda irei a tempo ? Ainda terei tempo ? Não sei a resposta a estas perguntas... Penso apenas para mim, no meu íntimo, um, espero ter... espero que sim.
Quanto à saudade, há um mundo dela no meu peito. Haveria muito mais a dizer... mas nesta altura, falta-me os cheiros doces da Primavera. Luz, um sol aberto, bonito. Céu azul, abraços e mar. Muito mar.

Estas fotos de hoje, são imagens de um pequeno paraíso. Um porto sereno e muito bonito. São imagens tiradas num Outono, que quis ser Verão, captadas quase, em Novembro. O nosso país é maravilhoso, não é ? :)











Portinho da Arrábida, 20 de Outubro de 2014


Sorrisos Abraços Beijos Amor  
Manos Bebés Sobrinhos Família  
Sol Mar Gaivotas Cheiro a Maresia Vento no rosto 
Varanda Libelinha no quarto Campo Cheiro a Flores ••• Casa.

* Estas palavras soltas, andam sempre comigo; basta olhar para o visor do meu telemóvel. 
Mas acima de tudo, estão no meu coração.

 * Autoria das fotos - Life, Love and Photograph

54 comentários:

  1. Isto podia ter sido escrito por mim... também estou sempre a dizer que adoro viajar, mas viajar para conhecer. Nunca quis viajar sem poder voltar e isso custa-me muito, uns dias mais que outros. Continuo a ter esperança num regresso, mesmo que não para breve...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois eu percebo-te bem. Custa e de que maneira... Eu também continuo com a mesma esperança. Vamos ver...

      Um beijinho Sofia :) Um bom fim de semana.

      Eliminar
  2. Se te faz sentir bem, no Porto está a chover e assim tem estado. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois... o que me faz sentir bem é nesta altura haver sol para todos :)

      Um Beijinho, Vânia ;)

      Eliminar
  3. Pois... por muitos anos que passem é lá que chamamos "casa". Compreendo perfeitamente. Felizmente estou a dias de ir matar saudades de casa. Felizmente também, tenho aqui uma família minha e ela dá-me alento e motivação para continuar a sentir falta de tudo o resto por um bem maior, as minhas filhas... lá, provavelmente, nunca as teria tido.
    Esse pedacinho de paraíso que nos trouxeste nas imagens é inconfundível e é um pedacinho de mim. Passei nesta serra e praias a melhor parte da minha infância.
    Animo... Aqui também têm estado dias tristonhos... a Primavera pouco se tem feito sentir e do Verão não há vestigios.
    beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É mesmo Cris. Lá é sempre a nossa casa... Que bom! Aproveita bem e espero que esteja bom tempo. ;) Sim, ter a família por perto dá outro alento. Mas nunca é fácil.

      Passaste a tua infância num lugar muito bonito! Eu adoro. Deves ter memórias maravilhosas :)

      Obrigada, querida Cris ❤. Pois, parece que está assim um pouco por todo o lado.

      Beijinhos

      Eliminar
  4. Há coisas que lemos com o coração. Não só as escritas, mas todas as que parecem estar para lá das palavras. Não sei como é que se lida com as saudades persistentes de um país inteiro. Dos cheiros, da luz, das vozes. Tenho muitos amigos espalhados pelo mundo. Em geografias muito diferentes e muito longe, algumas delas. Falam-me dessas coisas todas que escreveste. Voltam, estão durante uns dias e partem de novo. A vida deles está a ser escrita noutras geografias. Daqui a uns dias, estarei no casamento de uma amiga que está na Noruega. E como ela sente a falta do nosso sol, lá naquele norte extremo.
    Tenho pedido sol aí para o teu sítio. Uma espécie de oração. A ver se dá certo. Se dá em sol para a Cláudia:)

    Um beijo grande, minha querida.

    Mar

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ohhh querida Mar, e eu também li o teu comentário com o coração. E fazes-me sempre sorrir. Obrigada pelo carinho, obrigada pela oração, e olha que deu certo, pelo menos da parte da manhã, o sol brilhou :) Agora a chuva já voltou, mas aquele bocadinho de sol, fez-me muito bem.

      Não é fácil lidar com as saudades dos lugares e das pessoas que amamos. É como disseste; são saudades persistentes de um país inteiro. E num país cabe muito... Obrigada por me leres para lá das palavras. Eu tal como tu, também não gosto muito de falar de coisas menos boas, mas por vezes não consigo conter estes desabafos. Parece que as palavras têm que sair, e por vezes isso faz-nos bem.

      Desejo que o casamento da tua amiga, seja um dia muito bonito. E com sol, todos precisamos de um pouco de sol e de luz nas nossas vidas.

      Obrigada pelo Sol para a Cláudia:) Tirou-me logo um sorriso ;)

      Obrigada por tudo. ❤

      Outro beijinho grande para ti, e um bom fim de semana.

      Eliminar
  5. Arrábida é tão bonita adoro costumo visitar sempre que posso, fazemos imagens lindas !
    with love, KATE ❤

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade Catarina. Tanto a serra como o mar. É mesmo muito linda! :)

      Beijinhos

      Eliminar
  6. Eu nao conseguiria dizer melhor. Sinto saudades do que um dia foi banal nos meus dias.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É isso mesmo. A tua frase resume tudo o que eu escrevi...

      Um beijinho grande, querida Daniela ❤

      Eliminar
  7. Muito bonito esse cantinho tão bem fotografado. Muito comovente esse texto que diz tanto da saudade. O sol é também para mim uma necessidade quase primária, quando me falta por algum tempo, murcho e começo a perder o brilho. Pior, acho que toda eu fico cinzenta. Espero que ele brilho por aí em breve. bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, querida Natália. Pois, eu também sou assim. E anda mesmo tudo cinzento por aqui há imenso tempo. Obrigada, eu também ;) espero que não demore muito :)

      Um beijinho para ti e sol também para aí, para o nosso canto. ❤

      Eliminar
  8. Muito obrigado, querida Cláudia :)

    De facto é um lugar incrível. As tuas fotografias tiram o fôlego a qualquer um! Adoro :


    NEW GET THE LOOK POST | The Classic Blue Wedding.
    InstagramFacebook Oficial PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. De nada Miguel ;)

      Ohhh, obrigada :) Fico muito feliz por teres gostado.

      Um beijinho

      Eliminar
  9. Como eu percebo cada palavra tua aqui escrita. Afinal passamos pelo mesmo, e percebemos o que cada uma sente. As saudades de coisas simples, de coisas que eram banais, mas que aqui não existem. Por sorte o verão está a chegar, mas ainda custa. Se as vezes queremos que o tempo passe rápido, outras penso como tu, que está a passar e eu não sei o que estou a perder.
    Por agora vamos esperar pelo menos que venha sol, pois já faz falta poder passear ao ar livre e comecar a dar uns mergulhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois é, querida Pepper. Estamos a passar as duas pelo mesmo... sabemos bem...

      Sim, que venha o sol! Faz-nos uma falta imensa. Aqui na Suíça onde é que dás uns mergulhos ? Em alguma piscina do cantão, ou tens algum lago perto de ti... Tenho que ver se descubro algum lado, onde consiga também tomar umas banhocas ;)

      Um beijinho grande para ti ❤

      Eliminar
  10. Tal e qual eu. Não foi na ausência que senti saudades de Portugal e da qualidade de vida...
    Sempre gostei de viver no nosso cantinho. Onde se pode andar na rua à vontade, sair sem medo, conversar com todos os vizinhos, do sol, da praia, dos dias frios, da lareira, dos jantares com amigos!
    Não estou nada arrependida de ter regressado a Portugal. Talvez, se tivesse emigrado para a Europa (para determinados países) não sentisse uma diferença tão grande. Mas Angola é um País de terceiro muito, em que matar, roubar e violar é o prato do dia.
    Ficam apenas as saudades do clima, das paisagens e das divertidas saídas à noite!
    Mas acima de tudo, ter qualidade de vida para mim e para os meus futuros filhos é o mais importante! Costumo dizer em tom de brincadeira, "ganha-de menos, mas somos mais felizes".
    Isto é uma verdade adquirida para mim, mas compreendo perfeitamente quem me diz que adora viver fora de Portugal e regressar apenas no Verão. São opções! É a minha é ficar por cá. Mas o futuro a Deus pertence😁
    Beijinho Grande Claudia😘

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu percebo o que referes em relação a Angola. Existem de facto países com realidades muito mais complicadas... Mas sabes, quando saímos sem ter sido por nossa vontade, custa sempre. Não deixa de ser outro país, outra língua, outra cultura, mesmo que sejam mais civilizados.

      Que bom, que não estás nada arrependida :) E olha que é uma grande verdade o que dizes, ganha-se menos, mas somos mesmo mais felizes. Eu própria também já disse essa frase. Portugal tem uma boa qualidade de vida. Por vezes ao vivermos noutro país, é que nos percebemos verdadeiramente disso. Qualidade de vida é muito mais do que um bom ordenado.

      Outro beijinho grande para ti ❤

      Eliminar
  11. Querida Cláudia, que saudades tenho do nosso Portugal. Apesar de não trocar a vida actual pela vida difícil de Portugal, é com enorme saudade que leio estas palavras e revejo imagens das nossas praias. Tal como tu sinto saudades do nosso sol, dos nossos cheiros, das nossas palavras. O nosso país é muito único e muito nosso. Sem dúvida que é ele que nos faz diferentes e mais fortes num outro país que não o de origem. Um beijinho enorme Cláudia e continua a partilhar connosco palavras tão doces como estas. Abraço apertadinho :) <3

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade querida Anna, o nosso país é mesmo muito único e especial. Temos o sol mais maravilhoso do mundo, não é ? :)

      Fico muito feliz que tenhas gostado e muito obrigada, de coração, pelas palavras tão doces, que me fizeram sorrir e alegraram um pouco mais o meu dia. ;)

      Outro beijinho enorme para ti e também um abraço apertadinho. ❤

      Eliminar
  12. Boa tarde, fotos fantásticas do belo Portinho da Arrábida, já passei e fotografei o encanto de toda a natureza existente em toda a zona, Portugal tem recantos que são autênticos paraísos.
    Boa semana,
    AG

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá AG,

      É verdade, Portugal tem cantos e recantos maravilhosos. Obrigada, fico muito contente por ter gostado das fotos ;)

      Uma boa semana também para si. :)

      Eliminar
  13. Percebo-te, muito bem. Temos cantinhos maravilhosos e que nos fazem muita falta! Mas também temos que aprender a amar as nossas novas casas e encontrarmos novos espaços que nos preencham e nos deixem igualmente felizes. É o caso do Arboretum. :) Fica aqui na Belgica, perto de bruxelas!

    só conheci a arrabida este ano, que vergonha!!
    As fotos estão lindas!
    um grande beijinho :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois é, querida Mariana. Tens razão. Mas para ser franca, isso ainda não me aconteceu. Talvez um dia ;) É muito lindo o Arboretum, pensei que fosse em Portugal. Um dia se eu for à Bélgica, vou conhecer esse lugar tão bonito! :)

      Ainda foste a tempo ;) É linda, não é ? A serra, o mar, é mesmo muito linda toda a zona.

      Ohh muito obrigada, fico muito feliz por teres gostado. :)

      Outro beijinho grande para ti ❤

      Eliminar
  14. Não consigo sequer imaginar o que sentes. Sempre quis emigrar, mas se depois de uma semana fora, já sentia saudades, nem quero pensar como seria "permanentemente". Estamos sempre a falar mal do nosso país, mas nestas alturas é que lhe damos valor, nem que seja às pequenas coisas, como referiste. Espero que tudo melhore :)

    Ricardo, The Ghostly Walker.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não é mesmo fácil, Ricardo. Acredita. E o nosso país é mesmo um cantinho fantástico. Por vezes ainda podemos pensar, que no estrangeiro são mais evoluídos, com outra mentalidade, outras culturas, etc. Claro, que há muito por conhecer e vale a pena conhecer. Mas o nosso país não fica atrás em nada. Quer seja pela sua história, pela gastronomia, pelo clima, pela natureza, pela segurança... por tudo isto e muito mais. Deveríamos valorizar muito mais o nosso cantinho.

      Obrigada, Ricardo, de coração, pelas tuas palavras :)

      Um beijinho

      Eliminar
  15. Sim, é, o nosso país é maravilhoso, mesmo com todas as suas dificuldades. Tal como tu, também o amo, não precisando sair dele para lhe sentir a falta. E por isso me tocam tanto as tuas palavras, porque elas vêm de um coração que sente profundamente aquilo que eu não entendo mas que me tem sido tantas vezes partilhado por quem vivencia uma experiência no exterior. Da minha parte, apenas posso entregar esse sentimento e orar para que ele seja substituído pela motivação do que te levou a sair e pelo reconhecimento de toda a beleza existente nesse país que por agora abraçaste. De resto, o teu trabalho é fantástico e estou a adorar andar por aqui, grata por retribuir a tua visita! Beijos e força :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ohhh muito obrigada, Margarida, de coração. Fiquei muito feliz com as suas palavras. É sempre complicado deixar o nosso país, sentirmo-nos obrigados a isso... Mas como disse, este país, a Suíça, tem também muita beleza. Há lugares bonitos por todo o mundo, não é ? e depois, há aqueles, que são especiais, que fazem parte de nós e do que somos, e Portugal para mim, é assim.

      Muito obrigada, fico muito feliz por ter gostado.

      Um beijinho grande para si e bem-vinda ao meu cantinho :)

      Eliminar
  16. Gostei muito de ler a tua reflexão. Penso sempre que, caso um dia escolha viver noutro país, não irei sentir as saudades de que todos falam, porque sou pouco apegada às pessoas. Mas depois há coisas de que falas e nas quais nunca tinha pensado, como ouvir falar a nossa língua e sentir que estamos em casa ao andarmos nas nossas ruas. Em especial, adoro sol e calor e só gostaria de me mudar para um país onde fosse sempre verão, por isso acho que seria um bocadinho mais triste em países como a Suíça, UK, Suécia, etc.


    Kill Your Barbies

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, querida Nádia. Pois... é que estar fora do nosso país, leva-nos a sentir falta de coisas, que em Portugal são tão naturais, que nem nos apercebemos da falta que nos fazem. Mas claro, se fores de livre vontade, e para um país com muito sol como o nosso, o choque pode ser menor. Há também a questão da cultura, se for muito diferente pode ser também difícil a habituação.

      Beijinhos ❤

      Eliminar
  17. A Arrábida foi um namoro que estava difícil... depois que umas visitas muito pontuais e espaçadas no tempo finalmente há seis meses que comecei a viver mais nos seus encantos, com caminhadas na serra e indo à descoberta das suas praias. Tem sido tão bom, cercada dos elementos que me trazem serenidade à alma, serra, mar e vistas contemplativas. Portugal é mesmo especial e o povo, à sua maneira, também :)
    Para as tuas perguntas, não tenho resposta, fico com o desejo, que sim, que "vás a tempo"... ou melhor, acredito que este tempo já é um tempo em que estás a viver uma experiência que te faz crescer e ser inspiradora, agora e depois mais ainda!
    Beijinho, fica bem*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É mesmo maravilhosa, todo aquele verde, toda a natureza e depois mar até perder de vista. Recomendo além desta praia, o portinho (que no Verão enche muito rápido), a praia dos Gálapos e dos Galapinhos, são ambas selvagens, de águas cristalinas e são tão, mas tão bonitas! Sim, é verdade. É mesmo. E há que nos dar, a nós e ao nosso país, o devido valor.

      Muito obrigada, de coração, querida Ana, pelas tuas palavras. Também espero que sim. E é verdade, o que já estou a viver já é uma experiência que me faz crecer, sem dúvida. Ohhh obrigada, pelo inspiradora :)

      Outro beijinho grande para ti e um bom final de semana ❤

      Eliminar
    2. Ainda bem que o post da Arrábida te deu a conhecer mais umas praia. Tens de as colocar na extensa lista "Quando for a Portugal". ;)

      O desejo advém de crer que (mesmo sem te conhecer) saberás interiorizar e converter o mais difícil desta etapa em coisas boas para transmitir aos outros. Já os fazes com as tuas partilhas e atenção.
      Beijinho*

      Eliminar
    3. Deu sim ;) Obrigada. É o que eu vou fazer :)

      Eu tento, nem sempre é fácil, confesso. Mas há sempre algo de bom para tirar do que vivemos, não é ? :)

      Muito obrigada, Ana. De coração. Fico muito feliz com as tuas palavras. É muito bom saber, que de alguma forma consigo inspirar.

      Um beijinho muito grande para ti ❤

      Eliminar
  18. Penso muito em emigrar mas ficarão sempre as saudades, as memórias dos sítios lindo que temos em Portugal. Muita, muita força minha querida e desculpa a ausência.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É uma decisão que deve ser muito bem ponderada. Mas isso fica sempre, a saudade, as memórias, dos lugares, das pessoas, do clima, e mais, muito mais. Obrigada querida Ísis ;) Não tens que pedir desculpa. :)

      Eliminar
  19. Respostas
    1. Outro beijinho grande para ti e um bom fim de semana, que está quase aí ❤

      Eliminar
  20. Sem dúvida que é mesmo Bonito!
    Cada vez que posso tento viajar cá dentro pois há sempre locais que nunca visitamos e com os quais ficamos encantadas!! :D
    As fotos estão brutais simplesmente !! PARABÉNS!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, o nosso país tem lugares encantadores e há sempre mais a descobrir. ;)

      Ohhh, muito obrigada, Catarina. Que bom que gostaste.

      Um beijinho e bem-vinda ao meu cantinho. :)

      Eliminar
  21. Que fotos lindas minha querida! E que saudades tinha de vir aqui ler-te! Portugal não é um país, é um mundo inteiro e só é pena que muitas pessoas que nele habitam não o saibam valorizar. O nosso país tem tanta cor, tanta luz, tantos recantos mágicos e lindos para serem descobertos que poderíamos viajar de Norte a Sul uma vida inteira e ficariam sempre esconderijos maravilhosos por descobrir. Este é o seu verdadeiro encanto!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada, querida Arya. Fico muito feliz por teres gostado.

      E concordo tanto contigo, Portugal é mesmo maravilhoso. Encanta-nos por isso mesmo, há sempre mais e mais por descobrir e é tão bonito! :)

      Beijinhos e um excelente fim de semana para ti. ❤

      Eliminar
  22. Votos para que tenha um feliz fim de semana.
    AG

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada AG :)

      Um feliz fim de semana para si também.

      Eliminar
  23. O nosso país é mesmo maravilhoso! Que fotografias fascinantes *.*

    r: Muito, muito obrigada, minha querida <3
    Espero que esteja tudo bem*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É mesmo. Muito obrigada, querida Andreia :)


      De nada. Está tudo bem e contigo ? ;)

      Um beijinho grande para ti ❤

      Eliminar
  24. Respostas
    1. Obrigada, querida Maria ;)

      Um beijinho para ti ❤

      Eliminar

Obrigada pelo teu comentário ❤ Responderei aqui.

Memórias de um amor..

Saudade..

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner