30 de novembro de 2015

A vida que corre... as folhas que caiem e os abraços onde me abrigo...

Enquanto bebo o meu Cappuccino, olho pela janela... um manto branco já cobre a vila; as árvores, os telhados e a montanha... A neve dá um encanto especial, tão bonito... Está um frio gélido na rua, mas, aqui estou quente. Soa no ar, a RFM que oiço pela Internet, não perdi o hábito de ouvir a rádio que sempre ouvia em Portugal. A vida por cá, pela Suíça vai correndo... vou aprendendo o alemão, esta língua difícil e curiosa, com parecenças com o Inglês, mas com as suas particularidades que a complicam. E é essencial esta aprendizagem, para encontrar um trabalho aqui.

As saudades de casa, de Portugal, já apertam... dói, quando pela TV (Internet) vejo as imagens de lugares que me são tão familiares, quer seja num noticiário, ou numa passagem de novela... As ruas por aqui, as casas, as lojas, já vão estando enfeitadas, o Natal está a chegar, mas este vai ser um Natal duro... longe dos nossos, longe da nossa verdadeira casa... devido ao trabalho do meu marido, não poderemos ir a Portugal nesta época. Não vos vou dizer que não custa, porque não seria verdade, custa e bastante, é uma época de união, de família... de nos reunirmos com os que mais amamos e isso não vai ser possível. Ainda mais, numa altura, em que a família cresce, fui tia novamente esta semana de um menino, por parte do meu irmão mais novo e vou ser, muito em breve novamente tia, desta vez, por parte do mais velho. Perde-se muito ao estar longe dos nossos, das nossas raízes, do nosso lar, e é sempre uma pergunta constante, nas nossas cabeças, se compensa... Ainda não encontrei uma resposta definitiva para esta pergunta... penso que será temporário e isso vai ajudando a suportar...

A meio de Janeiro regressaremos a Casa, espera-nos abraços, beijos e um conforto, que só sentimos junto dos nossos. Até lá, conforto-me noutro abraço, confortamo-nos um ao outro... naquele tipo de abraço que esquecemos tudo, esquecemos o mundo... eu poderia viver nesse abraço... .

Irei entretanto fotografar, num dos meus passeios ao fim de semana, as paisagens da Suíça com neve, ainda só a fotografei da minha janela. Hoje deixo-vos, com mais fotos Outonais, e como é bonito o Outono, aqui!

Um abracinho para vocês! (Eine Umarmung für dich!)*

 Lembram-se no post anterior, de ter referido, que a montanha levava a uma área de floresta ? É tão bonita!

Um banco com vista para a montanha e para os animais nos campos. Quem quer se sentar ? ;)



E o Outono emoldura a paisagem...

Os campos que me rodeiam. Somos tão pequenos, perante a natureza...

Adoro esta foto, em que só se vê a cabeça do bezerro a espreitar por detrás do monte. ;)

Lembram-se deste Post ? Aqui está ele, sem qualquer capa. Tão belo!

Curiosas, vieram todas ter comigo.

Postais de Glarus

Num próximo Post, irão ver o Outono à beira rio. Tão bonito!

Veem a segunda montanha, da foto superior ? Aqui está ela, bem de perto, em tons de branco e preto.

  Glarus, Suíça, Outono de 2015

 Tens uma foto favorita ? Comenta

*Texto escrito ao final da tarde.

Post relacionado, aqui.
Mais paisagens Suíças, aqui.

* Autoria das fotos - Life, Love and Photograph

22 comentários:

  1. Que lindo Claudia, a Suiça é um encanto... O Natal está em ti... não o deixes morrer só porque estás longe do resto da família. Não estás sózinha, tens o que muitos davam tudo em troca para ter, tens o que cada vez é mais difícil de encontrar: um Amor. beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada Cris ;) É verdade já tenho muito realmente... um amor...

      Beijinhos

      Eliminar
  2. A da montanha com o bezerro a espreitar está um amor. E a outra a preto e branco também está mesmo linda :D

    3200 degrees photography blog ♥

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Ana :) Eu adoro a do bezerro :P

      Um beijinho grande para ti

      Eliminar
  3. As imagens são lindíssimas...percebo bem a tua dor...mas é bom saber que tens um abraço onde te perdes e esqueces o mundo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada Maria pelas tuas palavras :) É verdade ter esse abraço, já é imenso...

      Beijinhos

      Eliminar
  4. Estar longe dos nossos deve ser o que custa mais :/ força!
    Adorei as fotos, estão lindas *.*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É mesmo o que mais custa Andreia.. Obrigada querida :)

      Que bom que gostaste ;)

      Um beijinho grande para ti

      Eliminar
  5. É difícil estar longe da nossa casa e do que nos é familiar. Mas com o tempo tudo fica fácil, e verás que consegues Cláudia. Já agora adorei as imagens, beijinho :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Espero que sim Pedro, que fique mais fácil...

      Obrigada :) Outro para ti

      Eliminar
  6. Lindas as fotografias, como sempre. Imagino como é difícil estar perto de tudo e de todos aqueles que conhecemos como a palma da nossa mão mas ao menos estás com o amor da tua vida e sem dúvida que isso já aquece o coração por isso força e coragem, melhores tempos virão :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada Arya ;) É verdade, não é fácil, mas pelo menos, estamos juntos, apoiamo-nos um ao outro. Obrigada és um doce ❤

      Um Beijinho grande dos alpes (que adoras;) para ti*

      Eliminar
  7. Cá está um belo elogio ao Outono.
    Adoro especialmente a quinta e a sétima!
    Um beijinho cheio de boas energias!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ohhh muito obrigada :)

      Que bom! Eu também gosto da quinta, mais nostálgica e a sétima, adoro, tira-me sempre um sorriso, já com a câmara, enquanto fotografava foi igual ;)

      Muito obrigada, outro grande daqui ❤

      Eliminar
  8. Lindas fotos maninha linda. Apesar da distância, estás bem pertinho de nós. Em breve estaremos juntos.
    O Gabriel manda beijinhos à tia e diz que está ansioso por te conhecer. 😀
    😉

    ResponderEliminar
  9. Ohhh fico tão contente por te ver por aqui a comentar ❤ :)

    Obrigada maninha, eu também estou tão ansiosa por o conhecer.

    Um beijinho graaaaande para ti, cheio de saudades vossas.

    ResponderEliminar
  10. que lindo, lindo, lindo! Estar longe custa, passar o natal longe dos nossos também custa, eu sei, como eu te entendo. Enquanto isso, respira esse ar e fotografa imenso, vou estando por aqui para me babar um bocadinho. beijinhos :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada Mariiana ;) Custa mesmo, estarmos longe dos nossos... É o que eu vou fazendo, vou fotografando este país bonito e isso também me ajuda a distrair.

      Um beijinho grande para ti ❤

      Eliminar

Obrigada pelo teu comentário ❤ Responderei aqui.

Memórias de um amor..

Saudade..

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner