22 de abril de 2014

És amado..

Ericeira, Abril de 2014


Foi um fim de semana cheio..
Cheio de sorrisos mas também de lágrimas..
Mas não o trocava por nada.. apenas o gostaria de o prolongar eternamente ..

Sinto-me profundamente triste com a tua partida, nestes dias, nestes poucos dias em que te tive perto de mim, senti-me feliz como não me sentia há muito, dei por mim a rir, a brincar contigo, olhei para ti e notei em cada gesto teu, as tuas saudades.. saudades do meu abraço, saudades da tua casa, saudades da nossa vida..

Voltámos a ir aos sítios que amamos de coração, fomos á casa das queijadas.. Passeámos na Lezíria Ribatejana e tu mesmo cansado da viagem.. Senti-te contente de estar ali, fotografaste-me no campo... sorriste..

De regresso a casa, descansaste, enchi a casa de flores para ti, enchi-te de amor .. de beijos.. de carinhos.. Senti-te em casa .. de volta aos meus braços e queria que assim tivesses permanecido..

Pediste-me para evitar a tristeza, para aproveitarmos cada minuto e assim o tentei fazer.. nem sempre o consegui..

No dia a seguir, nesse Sábado cheio de luz, voltámos a Ericeira.. num dia, a paz do campo, no outro, o embalo do mar..

Namorámos muito, rimos cúmplices ..nessa tarde de sol.. numa esplanada bem pertinho do mar, com cheiros a sal .. a maresia e a mariscos..
Sentámos-nos no pontão e ali ficámos a olhar o mar... e eu só queria que o tempo parasse.. que fosse refém desta minha vontade... Passeámos ainda na linda vila, fomos beber café e comprar muffins ao sitio de sempre... e regressámos ao nosso porto seguro.. a casa.

Tentei afastar a tristeza sempre, mas lembro-me de pensar para mim e do peito se apertar..
Chegaste ontem e já partes amanhã..

Estavas cansado adormeceste antes de mim, encostado a mim, fiquei quieta, a ouvir-te respirar, a dar-te festas no cabelo, grata por te ter aqui... e tu de repente, como tanta vez, já o tinhas feito, a dormir... abraçaste-me e de olhos fechados, disseste baixinho que me amavas.. e eu desabei ali.. não fiz barulho, não te queria acordar, mas chorei.. não consegui conter as lágrimas... mas tu acordaste, ao sentires a face molhada e ao veres-me a chorar, aninhaste-me em ti, chorámos os dois.

Amar profundamente alguém.. partilhar uma vida, tanta história, tantos momentos, tanta ternura e saber que uma separação é inevitável..  como lidar com a ausência de quem é o nosso mundo, de quem nos faz sorrir.. chorar de alegria.. como chorei quando chegaste... na vida nada é fácil, o amor também não.. um relacionamento a dois faz-se para mim de muita partilha, de muita cumplicidade, de muito carinho, de muito amor, não é fácil, nem o amor é fácil, mas quando encontramos aquele alguém, temos a certeza.. que vale a pena.

Acordámos os dois num Domingo chuvoso, numa chuva que anunciava a tua partida certa e ficamos os dois em casa, nesse último dia.. bem próximos um do outro, abraçados mais uma vez ao som da chuva que teima em não partir...

Mas tu já partiste..
E mais uma vez fica um vazio tão grande, uma tristeza tão gigante, senti-te tão triste hoje ao falares comigo, senti-me impotente.. apetecia-me abraçar-te outra vez.. mas já não posso, já não estás aqui. Tentei-te animar e tu também o tentaste..

A casa está vazia novamente, chorei compulsivamente, ao olhar para tudo.. sem te ver aqui.
Mas estás em cada memória que deixas, no meu peito que se aperta com a tua falta, nos beijos, nos abraços, no teu sorriso, estás em cada recanto de mim, que nunca te esqueço.

Aqui na nossa casa, nos meus braços, ou mesmo longe de mim, noutro país.. podes ter a certeza amor... 
Que és amado ... e muito. 

As músicas que marcaram o nosso fim de semana :
All of me 
Magic

Leziria Ribatejana, Abril de 2014

A foto que me tiraste, Leziria Ribatejana, Abril de 2014


Foz do Lizandro, Abril de 2014
Foz do Lizandro, Abril de 2014



Pelas ruas da Vila, Ericeira, Abril de 2014



* Frase da 1ª foto by we blog you
Mais sobre este Amor, aqui.

* Autoria das fotos - Life, Love and Photograph

10 comentários:

  1. É a primeira vez que estou no teu blog e gostei muito! Parabéns:)

    http://fromportugaltonyc.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. Muito Obrigada pela visita :) É um Blogue ainda recente, mas é escrito com o coração.

    Vou espreitar o teu ;)

    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  3. Respostas
    1. Muito Obrigada, fico contente por teres gostado :)

      Vou espreitar o teu Blogue ;)

      Beijinho*

      Eliminar
  4. Estou sem palavras depois de ler este post, espero que te possas reencontrar com esse amor em breve!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada ;) Vou encontrar sim, no final deste mês e as saudades já são tantas.. É muito dificil quando amamos alguém que está longe de nós, este post, foi a última vez que estivemos juntos.. Foi escrito com amor, com muito mesmo, aliás todo o meu blog é :)

      Muito Obrigada pela visita,

      Beijinhos*

      Eliminar
  5. Mas que palavras bonitas e tocantes... Belo amor que vocês aí têm. Tudo será superado!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito Obrigada ;) Espero que sim, que consigamos superar..

      Já sigo o teu blog, descobri-o através do As gavetas da minha casa encantada, da Andreia :)

      Beijinhos***

      Eliminar
  6. Respostas
    1. Obrigada Marta ;) se quiseres ver mais fotos minhas, acede ao tab no topo da página, as minhas fotos :)

      Beijinhos*

      Eliminar

Obrigada pelo teu comentário ❤ Responderei aqui.

Memórias de um amor..

Saudade..

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner